sábado, 30 de janeiro de 2010

Vim mostrar-vos uma "coisinha"pequenina muito linda que nasceu ontem.
Este bichinho lindo que parece um perdigoto é na verdade um perú.Adorei quando a dona me mostrou pois nunca tinha visto um à nascença e se não me dissessem nunca iria reconhecê-lo pois quando crescem ficam completamente diferentes.






Este é um rafeiro alentejano que pertence à mesma pessoa que tem os perús.
É um cão lindo com quase 4 anos mas que nunca foi devidamente tratado. Tem uns olhos lindos e é muito meigo. Este animal só soube o que era liberdade depois que eu vim morar para aquí,pois pedí aos donos para ele andar à solta dentro do quintal.Tenho andado a tratá-lo pois tem estado com antibiótico já há 1 semana.No Verão estava tão cheio de pulgas que mordia os cotovelos e tem sido tarefa difícil conseguir tratá-los pois ele arranca os pensos de hora a hora.Então lembrei-me e agora passa os dias vestido com camisas que já estavam sem uso pois como fica com as patas metidas nas mangas já não os consegue tirar. É um grande companheiro e a minha Kika tolera-o muito bem o que não é usual com os outros animais,talvez este lhe imponha respeito uma vez que é muito grande e pesa 50 kl., Mas é muito lindo.





4 comentários:

lunarte disse...

Olá D. Otília!

Eu também não diria que era um perú!! Mas é muito bonitinho.
Eu comprei uma pomada muito boa cicatrizante para um cão que tive que tinha feridas nas patas (devido a uma doença que tinha). Eles não a tiram devido ao sabor, e até eu já a utilizei... Chama-se omnimatrix, segundo me disseram é à base de ervas.
Beijinhos
Carla

MIRIAM REGINA disse...

OLA QUERIDA AMIGA, PASSEI POR AQUI E VOU TE CONTAR ADOREI. O QUE VOCE ESTA FAZENDO COM ESSE LINDO CACHORRINHO ME DEIXA MUITO FELIZ, POIS SÉ UM SERZINHO QUE PRECISA DE NOS PARA POUCO E QUE MUITO NOS DÁ
EM TROCA.
MUITOS BEIJOS
MIRIAM REGINA

Milai disse...

Olá Otília!
Eu já conhecia porque quando eu era miúda, faziam criação de pintos,patos,perús, tudo para a capoeira lá de casa. A criação era feita com uma chocadeira, logo saiam um monte deles logo ao mesmo tempo.
Eu e a minha irmã adorava-mos andar com eles na mão e fazer festinhas mas a minha tia estava sempre a dizer para não o fazermos,pois ficavam enfolados, seja o que for que isso queria dizer.
O cão tem um ar muito doce apesar do tamanho é pena que não tenha mais mimo ehehehe...
Para ele foi uma sorte tê-la aí ao pé.
Hoje estou com uma preguiça danada. Só me levantei agora e não me apetece fazer nada. Ao pequeno almoço já tomei um café, a ver se me esperta.
Beijinhos e um bom Domingo!

Eliane disse...

Olá Otília... como são maravilhosos esses animaizinhos não é mesmo?!
Aqui em casa tenho casinha de passarinhos e coloco agua com acuçar para beija-flor, uma das casinhas ja não tem mais filhotes, inclusive postei uma fotinho de um deles que não sobreviveu... e os lindos beija-flores dão uma alegria sem fim, as vezes aparecem 10 ou até mais e fazem a maior bagunça!!!
Achei linda a sua atitude em relação ao cachorro... que bom que existem pessoas como voce... parabéns!!!
Bjos
Eliane