quinta-feira, 16 de junho de 2011

NOVA CACHORRA

Boa tarde amigas!
Hoje venho-vos apresentar a mais recente habitante da minha casa.
Esta é uma cadelinha COKER que o meu marido encontrou abandonada na terça feira à tarde.
Estava me preparanda para ir ao veterinário com o SIMBA e a JASMIM quando o meu marido apareceu dizendo que me trazia um presente. Ora quem não gosta de presentes?
Então apareceu esta preciosidade mas em muito mau estado, já me arrependi de não ter tirado uma foto antes,para vos mostar o estado da pobrezinha. Vinha cheia de "rastas", as orelhas chegavem ao chão tal era o tamanho delas. Fiquem tão aflita que peguei nela e levei também à clínica.Teve de ser tosquiada para se tirarem e o veterinário disse que nunca tinha visto nada igual.As rastas das orelhas pesavem quase 1kg. Demos conta então que tinha um rasgo na omoplata direita e teve de levar 3 pontos.Tinha muitas carraças e portanto está a ser medicada com antibiótico durante 3 semanas.Este animalzinho deve ter já sofrido tanto que só deu um gemido durante todo o tempo em que lá esteve.Por fim descobrimos que tem uma catarata num olho e do outro parece que não vê mesmo nada.Estou à espera de reencaminhamento para um veterinário de Oftalmologia para ver se há hipóteses de recuperar pois é muito triste ver a pobrezinha a tropeçar.É desolador ver como há pessoas que conseguem abandonar um animal destes e ainda por cima indefeso.




4 comentários:

lunarte disse...

Olá D. Otília!

Vejo que tem muitos amiguinhos. Em Lisboa costumo ir à Liga protectora dos animais ou à faculdade de medicina veterinária. Esta última deve ter o veterinário que necessita. Posso tentar arranjar os contactos se desejar.
Beijinhos e fiquem bem.
Carla

Prato Meio Cheio disse...

Olá D. Otília,

Como está? Já tem novidades da cadelita?
Beijinhos
Carla

Elisabeth disse...

Olá D.Otilia! Tudo bem?

Obrigada pelos comentários. Eu ando sempre desaparecida...muito trabalho.
Que cadelinha tao fofa!
Pois, é verdade...é triste quando isto acontece.Quando sao pequenos todos lhes acham graça...depois quando ficam grandes, doentes ou velhotes...rua. Quanto mais conheço as pessoas mais gosto dos animais!

Muitas beijocas,
Elisabeth

Sandra disse...

Olá minha Querida!
Como estão?
Eu também nunca me esqueço de voçês.
Por aqui está tudo a correr bem graças a Deus, ja estou de 14 semanas e estamos todos muito felizes principalmente a Débora que queria tanto um mano e Deus a presenteou, com o mais belos dos presentes.
Vá dando noticas e apareça sempre que quiser.

Um grande beijo abençoado para todos voçês!

Com carinho!
Sandra